Qual a importância do Público Leitor para Autores Independentes?

a importancia do público leitor

Qual a importância do Público Leitor para Autores Independentes?

 

Ser escritor ou escritora independente não é fácil. Sem o apoio de uma Editora e de toda a equipe que esta pode colocar à disposição de seus autores para auxiliar no processo de divulgação do livro, os autores independentes acabam tendo que se virar para procurar Diagramadores, Revisores, Designers, Gráficas e finalmente um Público.

Os leitores, acredite quando eu digo, estes são os mais difíceis de se conquistar, e também os mais importantes para um autor/autora independente. Sem leitores e leitoras, um(a) escritor(a) não seria ninguém. Mas como conquistá-los? Como chegar até eles? Como introduzir sua obra para pessoas que tem uma gama de possibilidade de leituras e fazer com que ele escolha seu livro dentre os milhares disponíveis?

É justamente sobre isso que gostaria de falar com vocês hoje. A relevância da construção de um Público Leitor para autores Independentes. (As dicas também são válidas para escritores e escritoras que publicam tradicionalmente, mas me parece ser mais focado para àqueles que optam pela publicação independente). Então, vamos lá.

Mas afinal, o que é um Público Leitor?

 

O Público Leitor são aqueles leitores e leitoras fiéis a obra de um determinado escritor ou escritora. Se você escreve, você precisa de um público fiel de leitores e leitoras que acreditam no seu trabalho, te acompanham nas redes sociais e por fim, leem a sua obra.


Mas por que é tão importante assegurar um Público-Leitor?


1. Enorme quantidade de opções de Livros

Você já deve ter notado, principalmente se você já publicou, seja independentemente, online, de graça pelo Wattpad ou pago pelo Kindle e outras plataformas, livro físico ou digital. Há milhares e milhares, eu diria milhões de livros disponíveis para todos os gostos, todas as idades, todos os gêneros, todos os públicos. O leitor e a leitora, eles possuem milhões de opções dentro uma gama livros de todos os gêneros possíveis.

Se você é autor de ficção, há milhares de livros de ficção disponíveis para o público. Se você é autor de romance, a mesma coisa. Logo, é função e interesse principal do autor fazer a propaganda e divulgação do seu livro. O público terá de ser convencido a ler seu livro, escolher seu livro dentre uma gama de opções, ele terá de ser convencido a acreditar no seu trabalho e na sua obra.

E acreditem quando eu digo, ninguém fará isso por vocês além de vocês mesmos.

 

Falo por experiência própria. Não que eu acredite que tudo que eu fale seja a verdade universal para todos, é somente um relato da minha experiência para ajudar aqueles que assim como eu querem ter seu livros lidos. Talvez, algumas pessoas irão ler seu livro e indicar para amigos e tal, mas 99% da responsabilidade de promoção do livro de um escritor e de uma escritora independente é do próprio autor.


2. Feedback

E por que é importante ter esse chamado Público-Leitor?

Eles importam, não só como leitores e leitoras, mas também como críticos e revisores. A escrita independente depende do feedback dos leitores, ou seja, das críticas, sejam elas positivas ou negativas.

beauty reading

É muito importante estar aberto a críticas, para melhorar seu trabalho enquanto autor e melhorar sua escrita. Um crítica negativa pode te ajudar a notar algum erro, algum furo, algo que não agradou o público, para que você possa melhorar e modificar a obra para alcançar mais pessoas e demonstrar que você está atento ao seu público, afinal os maiores juízes de uma obra são os leitores e as leitoras. Um (a) escritor (a) tem de ter isso em mente, sempre ouvir seus leitores e leitoras, ter respeito pelo público e ouvir com atenção o que os leitores estão falando de sua obra, mesmo que seja uma crítica negativa.

Se você deseja que alguém tire algum tempo do seu dia para ler sua obra, você tem que estar preparado para também reservar algumas horas do seu dia para dar atenção a essa pessoa que acreditou em você, que leu sua obra. Mesmo que a crítica seja negativa, isso ainda significa que a pessoa leu, que ela se importou o suficiente para ler sua obra.

 


3.Ter um Público Leitor cria uma Relação de respeito e afinidade com seus leitores/leitoras

Isso ajuda a criar empatia, se os leitores se identificarem não só com seu livro, mas com sua história e com seu trabalho, o retorno será maravilhoso. Se faça disponível para seus leitores e leitoras, assim como eles tiveram disponibilidade de ler um pouco da sua obra.


4. Se você for autor independente e quer ter seu livro publicado, se já tiver um público consolidado é mais fácil convencer Editoras a acreditar em seu trabalho

Quando uma Editora publica um livro, ela está fazendo uma aposta, mesmo que haja um plano de marketing, divulgação e etc, nunca se sabe se os leitores e leitoras irão gostar realmente da obra, se eles irão comprar, indicar aos amigos, etc. É muito mais fácil para as editoras então, escolher publicar autores que já tenham um público-leitor fiel, pois sabem que ao publicar a obra, ela não ficará mofando nas estantes das livrarias, já haverá pessoas que já acreditaram no seu trabalho e a possibilidade de sucesso é maior. Se você é um escritor, se você é uma escritora, que já publicou independentemente e deseja tentar a publicação com um a Editora tradicional, construa seu público-leitor, isso lhe ajudará bastante.

Todas estas dicas que estou lhes dando são conclusões que tirei a partir da minha experiência. Não quero que vocês pensem que é uma lei universal ou que eu me julgo no direito de falar o que é verdade ou não no mundo editorial. São apenas dicas extraídas da minha mínima experiência e que espero que lhes ajude de alguma forma. E realmente, espero que estas dicas ajudem, sinceramente.

Abaixo, reuni algumas Dicas Importantes, então vamos lá?


Como construir um Público-Leitor?

Se você é Autor Independente, já publicou ou pretende publicar online, talvez possa considerar em divulgar sua obra através de:


1. Plataformas Digitais Gratuitas

Existem inúmeras plataformas hoje em dia, eu utilizo bastante o Wattpad. Mas há também o Nyah, esta eu nunca usei, mas já ouvi dizer que é muito bom para publicar. No wattpad há como seguir outros autores, comentar suas obras e fazer resenhas.


2. Publique seu livro em vários formatos

Se seu livro já está publicado e possui determinado preço, pense em disponibilizar alguns capítulos para Degustação em sua Página da Web, Facebook ou outra Rede Social que você utilize para divulgar sua obra.

Disponibilize os primeiros capítulos e veja como foi a reação do público, se eles gostarem dos primeiros capítulos, talvez isso os leve a ler o livro todo.


3. Seja atento à críticas, responda as mensagens e comentários, mesmo os negativos

Como eu disse anteriormente, críticas são muito importantes ao trabalho de um autor. Esteja atento aos comentários dos seus leitores e leitoras, crie afinidade, compartilhe histórias, você pode até criar laços de amizade. A divulgação do seu livro não precisa de ser focada somente no seu livro, conte um pouco da sua história, quem você é, o porquê de ter começado a escrever, as pessoas gostam de conhecer seus autores favoritos.


4. Leia de outros autores, faça resenhas, aprecie o trabalho de colegas

Vocês já devem ter ouvido esta frase, mas é bom repetir. Um bom escritor (a) é um bom leitor (a). Para escrever bem, leia bastante, leia muito, leia mais que você escreve. Se inspire no trabalho de colegas (Se inspirar não é plágio), faça resenhas, críticas, dê dicas aos seus amigos e amigas que também escrevem. Reserve um espaço do seu tempo para outros livros que não o seu. Lembre-se que assim como você, outras pessoas também têm o sonho de publicar seus livros e é muito importante para eles (assim como para você) que pessoas leiam suas obras.


5. Faça sorteios, dê brindes, questionários

Se você já tem um número considerável de leitores que te seguem, faça sorteios, dê brindes promocionais, elabore questionários sobre seu livro, sobre seus personagens, de quem o público mais gosta, quem eles mais odeiam. Saia do universo só da leitura e faça com que as pessoas interajam com sua história, além de ler.


6. Tenha uma presença online em diversas Redes Sociais

Estamos sempre conectados e com os leitores não é diferente. Se um escritor ou escritora deseja ter um Público Leitor fiel, uma presença online é essencial. Seja pelo Facebook, Twitter, Instagram, Tumblr, Youtube e diversos outros. A maioria das pessoas hoje, principalmente nós jovens (que são o público principal dos nossos livros também), consumimos conteúdo digitalmente, nos informamos através do Facebook, tem blogs, páginas, participam de grupos e de uma infinidade de plataformas na rede.

Para um (a) escritor (a) independente é primordial ter uma presença online forte. Crie um site (Existem vários sites gratuitos para criação de páginas: Wix, Site.com, WordPress), crie uma página no Face para publicar seu trabalho (Se quiser mais dicas de Propaganda Online leia meu texto anterior sobre Propaganda Online).  E lembre-se, o feedback é muito importante, crie uma página e interaja com seu público, comente, curta e compartilhe. Converse com seus leitores, peça sugestões, críticas, tire dúvidas, crie laços com seus leitores e leitoras na rede.

Há muitos escritores e escritoras que possuem Blogs Literários, que fazem resenhas e divulgam sua escrita através destas páginas. Outros escolhem criar Canais Literários no Youtube. Escolha a rede em que você mais se encaixe ou se identifique, pode ser só um ou todos (que seria o ideal).

 

Um pequeno exemplo da minha experiência:

Para divulgação do meu livro criei uma Página no Facebook e um site, além de ter um Instagram e Twitter específico para o livro. Eu, por exemplo, não me arrisquei a criar um Canal no Youtube porque sou um horror em frente as Câmeras, tenho vergonha e sou extremamente tímido. Não acredito que eu tenha carisma suficiente para cativar o público com vídeos, nem habilidades de Edição (que são essenciais para um Canal). Mas isso é uma coisa minha, há pessoas que são naturais em vídeos e conseguem cativar as pessoas com poucas palavras.

Minha dica é, busque seu ponto forte, se são textos no Face, talvez são ilustrações, ou poemas em um site, procure seus pontos fortes e explore. Reconheça seus pontos fracos (como eu disse, sou uma negação em frente as câmeras haha, então nem me arrisquei com um Canal no Youtube).

O importante é: se faça presente na rede. Esteja disponível para seu público, de maneira amigável, educada e divulgue seu trabalho naturalmente, acredite no seu potencial.


6. Dê dicas a respeito do seu processo criativo

Em sua maioria, leitores e leitoras também são escritores e escritoras em potencial. Compartilhe como foi sua experiência escrevendo, dê dicas de leitura, de como funciona seu processo criativo, como superar o bloqueio criativo ou até mesmo a vergonha de escrever e publicar sua obra. Ajude escritores e escritoras que partilham do mesmo sonho.

Um Público-Leitor é de extrema importância para autores e autoras independentes, mas também para qualquer um que queira um público fiel e leitores dispostos a acreditar em eu trabalho. Lembre-se, respeite seu público e eles te respeitarão da mesma maneira.



Tem alguma sugestão? Acredita que faltou algo no texto ou  que eu poderia melhorar? Estou aberto a sugestões e a perguntas, ficaria muito feliz em respondê-los.

Se você gostou, curta, compartilhe, deixe seu comentário e siga a Página no Face. O Selo de Bartholomeu pode ser lido de graça no WATTPAD.

Até mais pessoal, toda quinta tenho um texto novo para vocês.

facebook-logo-64 wattpad

No Comments Yet.

Leave a comment