Por que escrever um livro foi mais difícil do que eu imaginava?

escrever mais dificil do que eu imaginava

Por que escrever um livro foi mais difícil do que eu imaginava?

Quando você toma a decisão de embarcar nesta aventura que é a escrita, geralmente se começa com paixão, entusiasmo, euforia, mas com o passar do tempo e com os problemas que surgem, as pessoas podem se desanimar e até mesmo desistir.

Este texto serve de incentivo para que você nunca desista de seus sonhos, mas se prepare e entenda com um olhar realista a seriedade que é a escrita de um livro.

Muito mais que uma história, um livro tem de cativar leitores e leitoras, tem que ser entregue ao público algo que eles possam ler e sentir prazer na atividade, e para isso, há todo um processo profissional.

Compartilho com vocês minha experiência no processo de escrita de um livro e tentarei ajudá-los ao máximo a evitar os erros que eu cometi ao longo desse árduo trabalho que é a escrita de um livro.

 li

Início do Processo de Escrita

 

Antes de mais nada, o primeiro passo para se começar a escrever um livro é coragem. Muitas das vezes você pode ter aquela ideia maravilhosa na cabeça, mas tem medo de escrever devido ao receio do julgamento dos outros, medo de errar, medo de não ser bom o suficiente, de não cativar ninguém com suas histórias. Minha dica é esquecer a opinião dos outros e escrever para si, escreva para se sentir bem, para fugir da realidade, para se expressar artisticamente. O processo de escrita é um processo que deve ser profissional, mas também tem a ver com arte e com o expressar dos sentimentos humanos. Primeiro, escreva pelo amor e pela vontade de compartilhar algo de bom. Depois do ponta pé inicial, você pode começar a se profissionalizar, a rever conceitos, a fazer o processo de profissionalização da sua escrita.

 

Uma grande dica é: escreva todos os dias, nem que seja um parágrafo, escreva. Nenhum escritor ou escritora escreve 50 páginas num dia por conta de inspiração divina. Escrever é um processo longo e demorado, você pode ter seus dias de inspiração no qual você irá escrever bastante, mas mantenha a escrita como um hábito.

escrevendo um livro

 

Processo de Revisão

A escrita é um processo de revisão constante. Eu diria que 90% do tempo gasto no seu livro será de revisão e somente 10% de escrita de verdade.

A primeira versão do meu livro, por exemplo, não se parece nada com a versão de hoje. Mas por que? Porque é assim que funciona, querendo ou não, você irá escrever e quando terminar e começar a revisar, irá encontrar erros, falta de verossimilhança, furos na história. O processo de revisão é importante por isso. Você irá olhar sua história e ver o que está faltando, o que está errado, o que pode mudar, o que não deveria estar ali. Acredite, excluir e apagar também fazem parte da escrita. Se você ler algo e ver que não está legal, não tenha medo de deletar, apague sem dó.

 

Procure ajuda de Profissionais do Livro

 

Procure profissionais que entendam de livros para que eles façam uma avaliação profissional do seu livro. Eu já disse isso em Como Publicar seu Livro e repito. Não há como se inserir no mercado editorial sem investir um mínimo de quantia financeira. Por mais difícil que seja, comece pequeno, procure alguém que esteja disposto a fazer por um preço acessível, mas também valorize o trabalho desta pessoa (que provavelmente levou anos e anos se profissionalizando, fazendo cursos e graduação, para que o trabalho dela valha algo).

 

Busque Leitores Beta (Leitura Crítica)

 

A leitura crítica aqui é extremamente relevante. Há profissionais do mercado do livro que produzem pareceres sobre o seu livro. Esses pareceres indicarão os problemas e os pontos positivos. Querendo ou não, é necessário haver a opinião de uma terceira pessoa, pois nós escritores e escritoras criamos laços afetivos com nossas obras e muitas das vezes não enxergamos defeito no que amamos. Se você entregar para algum amigo ou parente, para que ele leia, você não terá um retorno (feedback) imparcial, a pessoa que gosta de você e é próxima vai ficar com receio de falar se algo está extremamente errado com sua obra. Por isso a necessidade de um profissional, alguém que irá lhe falar a verdade para lhe ajudar (críticas são importantes e quem não está aberto para críticas terá grandes problemas no futuro, pois hoje a crítica será inevitável).

leitura critica

Faça Cursos, Participe de Workshops, Assista Palestras

 

Faça cursos, workshops, participe de seminários, assista vídeos gratuitos no youtube de como escrever melhor, como escrever bem. O conhecimento está disponível na internet, basta saber garimpar e procurar.

 

Reorganize sua História

 

Após o processo de revisão, você talvez queira mudar alguns aspectos da história e não há nada de errado com isso. Você pode retirar partes importantes, refazer tudo, matar personagens, retirar personagens, adicionar personagens, histórias, locais. Não tenha medo da mudança, sempre que for necessário mude e reescreva milhares de vezes se for preciso.

borracha_homer

Elabore um plano de história (algo que deveria ter sido feito desde o início)

 

Algo que me faltou e eu errei muito nisto, por isso, dou-lhes a dica para que não cometam o mesmo erro que eu. Antes de escrever, antes de começar tudo, tenha um plano de história. Saiba o início, o meio e o fim. Elabore um plano da história, ou seja, coloque no papel o que irá acontecer em cada momento da história, como se fosse um pequeno roteiro para você seguir.

 

plano-de-negocios-3

 

Crie uma comunidade de leitores (Base de Leitura)

 

Hoje com as redes sociais, isto é muito mais fácil. Há milhares de livros disponíveis, então para que você seja lido, é necessário que se crie uma comunidade, leitores e leitoras que conheçam seu trabalho e apostem na sua obra. Há uma gama de possibilidades, então o escritor e a escritora, tem que começar a criar uma base de leitores desde o início. As editoras não farão isto por você, acredite. Cabe ao escritor e a escritora divulgar sua obra. Crie uma página no facebook, uma conta nas diversas mídias sociais (instagram, pinterest, snapchat, twitter) e divulgue sua obra. Compartilhe trechos do livro, capítulos no Wattpad, publique digitalmente e divulgue online. Abra um site de resenhas, um canal no youtube com algum tema interessante. Alcance os leitores, seja acessível, responda os comentários e dê sempre feedback.

 



 

 

Início do processo de busca de editoras e agentes

 

editor homem aranha

 Leia um Post Antigo: Como publicar seu livro?

 

Se aceito

 

Se seu livro for aceito por uma editora, aqui se inicia um novo processo de edição.

 

Revisão Gramatical e Ortográfica

 

Seu livro deve passar por uma revisão completa de gramática e de ortografia. Imagine você comprar um livro que tenha erros de português. Por isso é importante um profissional que faça este serviço para que não tenhamos essa decepção quando formos as livrarias.

revisão ortografica

 

Checagem dos fatos e da realidade (Fact Checking)                                   fact checking 2

Se você escreveu seu livro e citou fatos da realidade, eventos, cidades, locações, ambientes, algum processo que exista na vida real. Cheque os fatos, pois não adianta escrever algo que não condiz com a realidade, mesmo que seja ficção, deve haver verossimilhança com a vida real.

Imagine você descrever algo como se fosse verdade e o leitor ou leitora descobrir que o que você escreveu não é verdade, mesmo se tratando de ficção, se você retirar fatos da realidade para fundamentar sua história, estes fatos devem ser checados.

 

Cubra os furos na história

 

Sempre haverá aquela ponta solta a ser corrigida. Um detalhe que passou despercebido, mas que tem uma grande relevância para a história e o leitor/leitora irá perceber isso. Por isso, a importância da revisão dos mínimos detalhes daqueles eventos que sem eles algo não poderia ter acontecido no livro, acredito, isso é mais importante do que escrever.

 

Teste final: o público

 

Um Escritor ou uma Escritora não são nada sem os leitores. Não adianta nada escrever uma história maravilhosa, publicar e ver seu livro nas livrarias, se ninguém iré ler sua obra.

Mesmo se você ainda não tiver publicado, não guarde sua história para si ou dentro de um arquivo no seu PC. Divulgue, como dito, antes forme uma base de leitores e será muito mais fácil para você quando seu livro for de fato publicado. Disponibilize seu livro de graça em plataformas virtuais, publique digitalmente, publique no WATTPAD  e veja a reação do público a sua história. Uma dica: leia todas as críticas, sugestões, até mesmo as mais duras (dos chamados haters). Você sempre pode melhorar sua história e entregar algo que agrade ao público. (Tendo em mente, claro, que não há como agradar a todos, sempre haverá aquele que não irá gostar, mas isto faz parte).



 

Espero ter contribuído de alguma maneira para aqueles que vieram em busca de ajuda nesta árdua tarefa que é publicar um livro no Brasil. Todas estas dicas e sugestões foram me dadas ao longo dos meus anos no processo de escrita do meu livro. Também me enquadro na categoria de escritor amador e iniciante, e busco através deste site, não só divulgar minha história, como também ajudar aqueles que como eu têm o sonho de serem escritores e escritoras, e mostrá-los através de erros que já cometi um caminho mais fácil para a publicação de seus livros.



Tem alguma sugestão? Acredita que faltou algo no texto ou  que eu poderia melhorar? Estou aberto a sugestões e a perguntas, ficaria muito feliz em respondê-los.

Se você gostou, curta, compartilhe, deixe seu comentário e siga a Página no Face. O Selo de Bartholomeu pode ser lido de graça no WATTPAD.

Até mais pessoal, toda quinta tenho um texto novo para vocês.

facebook-logo-64 wattpad 

No Comments Yet.

Leave a comment