O que é um Book Proposal e como fazê-lo?

como fazer um book proposal

O que é um Book Proposal e como fazê-lo?

Um book proposal é uma espécie de projeto de publicação ou proposta para as Editoras. É um recurso que pode ser utilizado por escritores e escritoras iniciantes e até mesmo pelos mais experientes. No Book Proposal o autor colocará todas as informações necessárias para apresentar sua ideia de livro para uma Editora para convencê-la a publicar seu livro, é um projeto onde você irá vender sua ideia e tentará demonstrar o porquê de a Editora dever publicar seu livro e investir em você.

Eu elaborei um Tutorial bem legal com um Modelo de Book Proposal. Baixe gratuitamente bem aqui ou leia o post a seguir:

Antes de enviar qualquer documento, livros ou propostas para Editoras, procure saber no site da Editora qual a política de Envio de Originais. As editoras não recebem documentos não-solicitados ou sem que tenham passado pelos devidos canais. O autor pode ter o melhor book proposal, mas se não seguir as regras, seu projeto nem será lido por não ter seguido as normas específicas da Editora. Se você não tem um agente, que é o caso da maioria dos escritores iniciantes, não envie nada para uma Editora sem antes saber como cada uma costuma receber seus originais.

Quando enviá-lo?

Cada Editora tem sua própria política e época em que recebem manuscritos, originais e book proposals. O ideal é pesquisar nos sites das editoras ou enviar e-mails buscando tais informações. Muitas editoras, especialmente durante Bienais e Eventos, divulgam quando os editores e editoras estarão recebendo Book Proposals de autores iniciantes. O ideal é sempre pesquisar bastante e nunca enviar nada ou desrespeitar as normas e regras das Editoras.

 

Modelo de Book Proposal

Abaixo, estou disponibilizando para todos como seria um modelo de Book Proposal. Os exemplos citados eu retirei de um Book Proposal enviado por mim a uma Editora há alguns meses, espero que isto ajude a vocês escritores e escritoras a montar um projeto bastante legal e que vocês consigam sucesso em seus objetivos.

Há 6 tópicos principais que devem constar em um Book Proposal:

  1. Título do livro
  2. Currículo do autor
  3. Sinopse do livro
  4. Justificativa
  5. Recomendações
  6. Dados Técnicos


1 – Título do Livro

No primeiro tópico você deve colocar o título de sua obra e uma breve explicação do motivo de ter escolhido este nome. Algumas Editoras preferem somente o título, sem nenhuma explicação. Por isso é importante sempre pesquisar as normas específicas de cada editora. Este modelo é uma representação do que a maioria sempre pede de um modo geral e abrangente.

EXEMPLO PRÁTICO: 

Título do Livro: O Selo de BartholomeuO título tem a intenção de ser misterioso e levar os leitores e leitoras a querer descobrir o que viria a ser este selo, se é algo mágico ou misterioso e quem é Bartholomeu.

 

2 – Currículo do Autor (Escritor ou Escritora)

Diferentemente de um currículo profissional para uma empresa ou estágio, ou até mesmo um currículo acadêmico para pós-graduação e universidades, este currículo tem que ressaltar suas características profissionais ligadas e conectadas ao mercado editorial. Aqui você deve contar se já publicou anteriormente, se tem experiência trabalhando com editoras, se já trabalhou com traduções, se já ganhou prêmios que envolvem a escrita, qualquer aspecto da sua vida profissional que indique sua ligação com a vida literária. Se você estiver pela primeira vez na vida se arriscando no mercado editorial, não se desespere, ressalte os aspectos da sua vida acadêmica, ou se já escreveu algum artigo para o jornal, blog pessoal, se já fez algum curso de escrita criativa ou workshop, qualquer exemplo que demonstre que você tenha afinidade com a escrita.

3 – Sinopse do Livro

A sinopse é uma espécie de resumo da história que irá instigar os leitores e leitoras a querer ler seu livro. A sinopse deve ser objetiva, clara e pequena. Deve ter no máximo 20 linhas, as melhores sinopses são aquelas que não entregam nada da história, mas instigam a pessoa a querer descobrir sobre o que se trata o livro. A boa sinopse irá despertar o interesse pelo livro e irá despertar a curiosidade nos leitores que irão querer saber mais sobre o livro e eventualmente comprá-lo.

 

1243

4 – Justificativa

A justificativa é a seção em que você deve responder a uma questão primordial para a Editora:

“Por que devemos publicar seu livro?”

 Você pode responder em um único texto ou em tópicos, mas é importante mencionar alguns dados, como os a seguir:

I – Qual o público-alvo da sua obra?

II – Qual o diferencial da obra?

III – Qual a Trajetória da sua obra?

IV – Seu livro já foi lido por algum crítico ou profissional do mercado do livro?

V – Você já publicou seu livro digitalmente ou de forma física?

VI – Se já publicou, qual a reação do público? Há muitas leituras e críticas positivas? Quais as críticas negativas?

VII – Você possui página ou website para divulgação da sua obra? O público que te segue já é considerável?

 

5 – Recomendações

Alguém já leu seu livro e gostaria de indicar aos outros. Esta parte é reservada para pessoas de relevância no cenário literário: jornalistas, críticos, profissionais, revisores, editores e outros autores

6 – Dados Técnicos

Nesta seção você deve inserir os dados técnicos do seu livro para a Editora saber o tamanho do livro e as especificações técnicas para eles planejarem a publicação.

Os dados técnicos são os seguintes:
  • Número de laudas
  • Número de capítulos
  • Número de caracteres (sem espaços)
  • Número de caracteres (com espaços)
  • Formato Gênero Público-alvo (faixa etária)

PERGUNTAS FREQUENTES

O que é Gênero?

O gênero indica qual é o formato de sua narrativa. O gênero está conectado a história e ao enredo. Se você planeja criar uma narrativa fantástica com mitologia grega, por exemplo, seu livro será enquadrado no gênero fantasia. Se quiser falar sobre guerras galáticas, naves e futuro, será uma ficção científica.

Exemplos:

  • Romance de época
  • Fantasia
  • Não-ficção
  • Ficção científica
  • Quadrinhos
O que são laudas? Laudas são a mesma coisa que páginas?

Laudas não são a mesma coisa que páginas, no meio literário contamos as laudas como medida do número de carácterres no texto. É fácil achar o número de caracteres no Word, há duas medidas: n.º de caracteres com espaço e  sem espaço. Para se chegar ao número de laudas, conta-se o número de caracteres com espaço e se divide por 2100. Uma lauda possui 2100 caracteres.

O que é Público-Alvo?

O público-alvo na literatura está bastante conectado a faixa etária e a dados demográficos. Atualmente, o público-alvo ligado a faixa etária é o seguinte:

  • Infantil: crianças de 3 a 12 anos
  • Infantojuvenil: de 8 a 12 anos
  • Young Adult (Jovem Adulto): 12 a 18 anos
  • New Adult (Novo Adulto): 18 a 15 anos
O que é Formato?

O formato do livro seria o tipo de livro, muito confundido com gênero. Mas o formato indica se são crônicas, ou uma novela, ou um romance.

  • Antologia
  • Biografia
  • Romance
  • Novela
  • Contos
  • Crônicas
O Documento deve ter título?

Se não houver um modelo a ser seguido que a Editora disponibiliza, é aconselhável simplesmente colocar o título de Book Proposal e suas informações pessoais e de contato no canto esquerdo da página.

Qual o formato do documento se for enviado online?

Eu diria que o melhor formato é em pdf, pois se for enviado em Word, dependendo da versão o documento pode perder suas configurações originais. A não ser que a editora peça em Word, pois o editor pode querer fazer as modificações e revisões no texto em seu computador ou tablet.

Qual a formatação indicada?

Texto justificado, cor preta, Times New Roman ou Arial, 12 e espaçamento duplo. O espaçamento duplo fica um pouco grande, mas caso a pessoa queira imprimir alguma parte e fazer anotações, é bom ter um espaço para poder escrever, algo que um espaçamento menor não permitiria.

Devo enviar foto no currículo?

Não aconselho, se eles quiserem saber como você é, pedirão links de redes sociais e do site do seu livro (se houver). A não ser que eles peçam, melhor não enviar fotos e deixar o projeto o mais profissional e impessoal o possível.

Em qual pessoa escrever o texto?

Como é uma proposta profissional e comercial, o mais indicado é sempre a terceira pessoa do singular. Se dirigir pessoalmente ao editor ou editora pode soar como falta de profissionalismo. Então sempre tente ser o mais objetivo e impessoal possível.

Ainda não terminei meu livro, posso enviar proposta mesmo assim?

É altamente aconselhável terminar seu livro, antes de entrar em contato com Editoras. O envio de livros pela metade ou inacabados é mal-visto e pode ser considerado como falta de profissionalismo e maior preocupação em publicar do que entregar um bom trabalho. Meu conselho é, faça todas as revisões e quando tiver certeza que está finalizado, se arrisque e envie para as editoras. Mas nunca, sem antes pesquisar bastante sobre aquela editora em específico.


Se você gostou do e-book ou do tutorial, ajude a divulgar e passe este tutorial para frente. Para conhecer mais um pouco sobre mim ou sobre o livro, assista essa série de vídeos onde falar um pouco sobre Minha Jornada como Escritor. Nestes vídeos divididos em 3 partes, conto um pouco sobre mim, como comecei a escrever, os erros e acertos que cometi até conseguir uma Editora para publicar meu livro e também conto um pouco sobre o enredo de O Selo de Bartholomeu.


Tem alguma sugestão? Acredita que faltou algo no texto ou  que eu poderia melhorar? Estou aberto a sugestões e a perguntas, ficaria muito feliz em respondê-los.

Se você gostou, curta, compartilhe, deixe seu comentário e siga a Página no Face. O Selo de Bartholomeu pode ser lido de graça no WATTPAD.

Até mais pessoal, toda quinta tenho um texto novo para vocês.

facebook logoinstagram logotwitter logowattpad

No Comments Yet.

Leave a comment